sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Você tem espaço? Se quiser um Kinect, é melhor ter.

Finalmente coloquei minhas mãos num Kinect. Infelizmente, ainda não foi o *meu* Kinect mas o de um amigo que tinha acabado de comprar e trouxe aqui em casa para brincarmos um pouco.

E que brincadeira fantástica! Minha esposa e eu estamos mais empolgados do que nunca para comprar um. Só falta encontrar o nacional em algum lugar.

Vou tentar escrever mais sobre ele no futuro mas posso adiantar uma coisa: se você não tem muito espaço onde você joga, não compre um Kinect. Ele precisa de muito espaço. No mínimo 1,8m para funcionar razoavelmente bem.

Na configuração atual da minha sala, eu não tenho esse espaço. Vou ter que mexer em tudo aqui para conseguir aproveitar todo o potencial do equipamento. Ou anexar a sala do vizinho.

Talvez abrir uma porta na parede a marretadas... Pensando bem, melhor mexer na minha sala.

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Every cloud has a silver lining...


Published with Blogger-droid v1.6.5

Ghostbusters The Video Game: beeem devagarinho, a Xbox Live brasileira começa a mostrar vantagens.

O Ghostbusters The Video Game está disponível em formato digital na Xbox Live brasileira desde ontem, dia 28/12/2010.

Ele está disponível em Jogos sob Demanda. Isso quer dizer que, ao comprar o jogo pela Xbox Live, você não vai receber nenhuma mídia, nenhuma caixinha em casa. Você recebe o jogo, via download, no seu Xbox 360.

Comprei a minha cópia ontem e, como tive que ir ao shopping, aproveitei para ver o preço do jogo numa grande loja por lá. Como o Ghostbusters não foi lançado oficialmente no Brasil pela Microsoft só é possível comprar importado. Imagina só o precinho.

Não precisa imaginar. É esse "precinho" aí.
Bom, decidi dar uma olhada na Xbox Live americana. O preço, apesar de ser em dólar, é bem mais convidativo.

sábado, 25 de dezembro de 2010

Crédito a quem é devido.

Sou fã confesso do xkcd e curto o estilo de alguns artigos da Cracked. Acabo de reparar que, meio sem querer, incorporei no último post uma coisinha de cada: do primeiro, eu usei mensagens que complementam o texto principal e que só aparecem se você passar o mouse por cima da imagem e do último, eu usei as legendas engraçadinhas (ok, ok, eu tentei ser engraçado) nas fotos.

Clown
Porque, sabe como é, nem todo mundo nasceu pra fazer graça.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Mais três da longa e triste série de "avisos que não deveriam ser necessários".

Final de ano, férias da molecada, feriados, praia lotada e... avisos que só existem porque alguns de nós não tem educação nem respeitam a lei e o próximo.

1. Shhh...

... a música pode até ser legal mas estamos tentando conversar aqui.

Sério mesmo, galera, precisava pedir isso? Eu achava que, a essa altura, a gente já soubesse que ninguém é obrigado a ouvir as nossas músicas, o barulho excessivo dos nossos veículos desregulados ou nossas conversas. Bom senso, pessoal. Não é um velório mas também não precisamos abusar.